quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

2015 com muito "Conhecimento Superior"

 
 
 
 
Hoje às 22 horas
 
PROGRAMA CONHECIMENTO SUPERIOR
 
Não perca!!


Ritual para o dia 31 de Dezembro

Coloque em uma mão 3 frutinhas (jabuticaba, uva, amêndoas, azeitonas, etc...) e na outra mão 5 frutinhas (pode ser também folhas de louro, cravo da índia, pedaços de canela, somando nas duas mãos 8, divididos em 3 e 5.

Assim, terá o poder em suas mãos.

2015 = 2 + 0 + 1 + 5 = 8 - NÚMERO DE PODER!!!  EU POSSO!!

Concentre-se e creia.

Abra os braços e sinta-se pleno de poder. Faça pensamentos felizes na hora da virada!!

Alegria, energia e entusiasmo!

Levante as mãos para cima, se puder... pule e jogue para cima e diga:

- SOU MUITO FELIZ 2015!! EU POSSO!! EU SOU!! VIVA 2015!!



Mãe Marcia Pinho de Yemanjá

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Programa Conhecimento Superior - Hoje às 22 horas com Mãe Marcia Pinho de Yemanjá



www.radiotoquesdearuanda.com.br

17 de Dezembro. Hoje é dia de São Lázaro!!

A história de Lázaro é conhecida por muitos de nós.  Amigo pessoal de Jesus Cristo, Lázaro e suas irmãs Marta e Maria, sempre acolhiam o Mestre em suas passagens pela Judéia.  Um dia, por lá passando, Jesus recebe a notícia de que Lázaro havia morrido.   

Tal era o carinho de Jesus por seu amigo, que ao chegar em sua casa e ao dirigir-se ao seu túmulo, o Senhor chora.  Comovido, pede ao Pai que devolva a vida a Lázaro e, assim, o ressuscita.  Este episódio é decisivo para os fatos que se seguirão na vida de Cristo, quer sejam sua paixão e morte.

Conta a história, porém, que após a ressurreição de Jesus, Lázaro passa a dedicar sua vida à pregação do cristianismo.  Dirige-se, então, para a França, decidido a lá evangelizar.  Na região de Marselha obtém seu maior sucesso, convertendo um grande número de pessoas.  Contudo, a perseguição de Nero aos cristãos alcança Lázaro, que, encontrado escondido em uma gruta, foi preso e, posteriormente, decapitado. 

Seu corpo foi levado para a cidade de Autun para ser queimado e sua cabeça, a pedido de seus seguidores, foi enterrada em Marselha.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

HOJE TEM PROGRAMA CONHECIMENTO SUPERIOR!!


TODAS AS QUARTAS FEIRAS, ÀS 22 HORAS, ESCUTE O PROGRAMA "CONHECIMENTO SUPERIOR" COM MÃE MARCIA PINHO DE YEMANJÁ



Epa Babá Oxalá!

Oxalufã (a versão velha de Oxalá) era um rei muito idoso que andava com dificuldade, apoiado em seu cajado, o opaxorô. Um dia, sentindo saudades do filho Xangô, resolveu visitá-lo. Como era costume na terra dos orixás, consultou um babalaô para saber como seria a viagem. Este recomendou que não viajasse. Mas, como o orixá teimava em ver o filho, foi instruído a levar três roupas brancas e limo da costa (pasta extraída do caroço de dendê) e fazer tudo o que lhe pedissem.

Com essas precauções, o orixá partiu e, no meio do caminho, encontrou Exu Elepô, dono do azeite-de-dendê, sentado à beira da estrada, com um pote ao lado. Com boas maneiras, ele pediu a Oxalufã que o ajudasse a colocar o pote no ombro. O velho orixá, lembrando das palavras do babalaô, resolveu auxiliá-lo; mas Exu Elepô, que adora brincar, derramou todo o dendê sobre Oxalufã.

O orixá manteve a calma, limpou-se no rio com um pouco de limo, vestiu outra roupa e seguiu viagem. Mais adiante encontrou Exu Onidu, dono do carvão, e Exu Aladi, dono do óleo do caroço de dendê. Por duas vezes mais foi vítima dos brincalhões e procedeu como da primeira vez, limpando-se e vestindo roupas limpas, continuando sua caminhada rumo ao reino de Xangô.

Ao se aproximar das terras do filho, avistou um cavalo que conhecia muito bem, pois presenteara Xangô com o animal tempos atrás. Resolveu amarrá-lo para levá-lo de volta, mas foi mal interpretado pelos soldados, que julgaram-no um ladrão. Sem permitir explicações, eles espancaram o velho até quebrar seus ossos e o arrastaram para a prisão. Usando seus poderes, Oxalá fez com que não chovesse mais desse dia em diante; as colheitas foram prejudicadas e as mulheres ficaram estéreis.

Preocupado com isso, Xangô consultou seu babalaô e este afirmou que os problemas se relacionavam a uma injustiça cometida sete anos antes, pois um dos presos fora acusado de roubo indevidamente. O orixá dirigiu-se à prisão e reconheceu o pai. Envergonhado, ordenou que trouxessem água para limpá-lo e, a partir desse dia, exigiu que todos no reino se vestissem de branco em sinal de respeito ao pai, como forma de reparar a ofensa cometida.

É por isso que em todos os terreiros do Brasil comemoram-se as Águas de Oxalá, cerimônia na qual, todos os participantes vestem-se de branco e limpam seus apetrechos com profunda humildade para atrair a boa sorte para o ano todo.


(itan de domínio popular)

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Grão de areia

Yemanjá!

Ouve seus filhos que te chamam.....

Vós que é a Rainha do Mar,

Esta Calunga Grande... que arrasta prá dentro de suas profundezas,

O que deve ser levado...

E devolve para a areia...

Aquilo que não se mistura com a pureza de suas águas...

Grão de areia que sou

Na imensidão das areias e dunas,

Que sequer ousam te tocar....

Me empurre, minha Mãe....

Faça sua brisa me alcançar,

E me deixe sentir um bocadinho

Da mare,

Da maresia...

Pois, mesmo imperfeito... sou seu filho...

Rainha do Mar...


(Analu)

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Oxaguian

Nasceu dentro de uma concha de caramujo. Não tinha mãe. E quando nasceu, não tinha cabeça, por isso perambulava pelo mundo, sem sentido nem rumo.
Um dia encontrou Ori numa estrada e este lhe deu uma cabeça feita de inhame pilado. Apesar de feliz com sua nova cabeça branca, ela esquentava muito e quando esquentava Oxaguian criava mais conflitos. E sofria muito.
Um dia encontrou a morte (Iku), que lhe ofereceu uma cabeça fria. Apesar do medo que sentia, o calor era insuportavel e ele acabou aceitando a cabeça preta que a morte lhe deu. Mas essa cabeça era dolorida e fria demais. Oxaguian ficou triste, porque a morte com sua frieza estava o tempo todo com o Orixá.
Então Ogum apareceu e deu sua espada para Oxaguian, que espantou Iku. Ogum também tentou arrancar a cabeça preta de cima da branca, mas tanto apertou que as duas se fundiram e Oxaguian ficou com a cabeça azul, agora equilibrada e sem problemas.
A partir deste dia ele e Ogum andam juntos transformando o mundo. Oxaguian depositando o conflito de ideias e valores que mudam o mundo e Ogum fornecendo os meios para a transformação, seja a tecnologia ou a guerra.

Epá Babá!


extraído do site http://omidewa.com.br

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

A criação da Terra


OXALÁ - A CRIAÇÃO DA TERRA  

Olorun, Deus supremo, criou um ser, a partir do ar (que havia no início dos tempos) e das primeiras águas. Esse ser encantado, que era todo branco e muito poderoso, foi chamado Oxalá. Logo em seguida, criou um outro orixá que possuía o mesmo poder do primeiro, dando-lhe o nome de Nanan. Os dois nasceram da vontade de Olorun de criar o universo.

 Oxalá passou a representar a essência masculina de todos os seres, tornando-se o lado direito de Olorun. Nanan, por sua vez, teria a essência feminina, e representaria o lado esquerdo. Outros orixás também foram criados, formando-se um verdadeiro exército a serviço de Olorun, cada um com uma função determinada para executar os planos divinos.

 Exú foi o terceiro elemento criado, para ser o elo de ligação entre todos os orixás, e deles com Olorun. Tornou-se costume prestar-lhe homenagens antes de qualquer outro, pois é ele quem leva as mensagens e carrega os ebós.

 Olorun confiou à Oxalá a missão de criar a Terra, investindo-o de toda a sabedoria e poderes necessários para o sucesso dessa importante tarefa. Deu a ele uma cabaça contendo todo axé que seria utilizado.

 Oxalá, orgulhoso por ter recebido tamanha honraria, achou desnecessário fazer as oferendas a Exú.

 Exú, vendo que Oxalá partira sem lhe fazer as oferendas, previu que a missão não seria cumprida, pois, mesmo com a cabaça e toda a força do mundo, sem a sua ajuda não conseguiria chegar ao local indicado por Olorun.

 A caminhada era longa e difícil, e Oxalá começou a sentir sede, mas, devido à importância de sua missão, não podia se dar ao luxo de parar para beber água. Não aceitou nada do que lhe foi oferecido, nem mesmo quando passou perto de um rio interrompeu a sua jornada. Mais à frente, encontrou uma aldeia, onde lhe ofereceram leite de cabra para saciar sua sede, que também foi recusado.

 Todos os caminhos pareciam iguais e, depois de andar por muito tempo, sentiu-se perdido. De repente, ele avistou uma palmeira muito frondosa, logo à sua frente, Oxalá, já delirando de tanta sede, atingiu o tronco da palmeira com seu cajado, sorvendo todo o líquido que saía de suas entranhas (era vinho de palma). Embriagado pela bebida, desmaiou ali mesmo, ficando desacordado por muito tempo.

 Exú avisou Nanan que Oxalá não havia feito as oferendas propiciatórias, por isso não terminaria sua tarefa. Ela, agindo por contra própria, resolveu consultar um babalawô para realizar devidamente as oferendas. O sacerdote enumerou uma série de coisas que ela deveria oferecer, entre elas um camaleão, uma pomba, uma galinha com cinco dedos e uma corrente com nove elos. Exú aceitou tudo, mas só ficou com a corrente, devolvendo o restante à Nanan, pois ela iria precisar mais tarde. Outros sacrifícios foram realizados, até que Olorun a chamou para procurar Oxalá, que havia esquecido o saco da criação com o qual criaria a Terra. Nanan, após terminar suas oferendas, foi atrás de Oxalá, encontrando-o desacordado próximo ao local onDe deveria chegar.

 Ao saber que Oxalá havia falhado em sua missão, Olorun ordenou que a própria Nanan prosseguisse naquela tarefa com a ajuda de todos os orixás. E assim foi feito. Nanan pegou o saco da criação e o entregou à pomba, para que voasse em círculo. A galinha com cinco dedos foi solta, para espalhar aquela imensa quantidade de terra, e, finalmente, o camaleão arrastou-se vagarosamente, para compactá-la e torná-la firme.

 Quando Oxalá acordou, viu que a Terra já havia sido criada, e não o fora por ele. Desesperado, correu até Olorun, que o advertiu duramente por não ter reverenciado Exú antes de partir, julgando-se superior a ele. Oxalá, arrependido, implorou perdão. Olorun, sempre magnânimo, deu-lhe uma nova e importantíssima tarefa, que seria a de criar todos os seres que habitariam a Terra. Desta vez ele não poderia falhar!

Usando a mesma lama que criou a Terra, Oxalá modelou todos os seres, e, insuflando-lhes seu hálito sagrado, deu-lhes a vida.

Desta forma, Nanan e Oxalá desempenharam tarefas igualmente importantes, juntamente com a valiosa ajuda de todos os orixás, que possibilitaram o surgimento deste novo e maravilhoso mundo em que vivemos


Itan de Oxalá - Domínio Popular

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Halloween

 
O Halloween é uma festa comemorativa celebrada todo ano no dia 31 de outubro, véspera do dia de Todos os Santos. Ela é realizada em grande parte dos países ocidentais, porém é mais representativa nos Estados Unidos. Neste país, levada pelos imigrantes irlandeses, ela chegou em meados do século XIX.

História do Dia das Bruxas
A história desta data comemorativa tem mais de 2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditavam que no último dia do verão (31 de outubro), os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. Para assustar estes fantasmas, os celtas colocavam, nas casas, objetos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, abóboras enfeitadas entre outros.
Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa durante a Idade Média, quando passou a ser chamada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.
Com o objetivo de diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa, criando o Dia de Finados (2 de novembro).

Símbolos e Tradições

Esta festa, por estar relacionada em sua origem à morte, resgata elementos e figuras assustadoras. São símbolos comuns desta festa: fantasmas, bruxas, zumbis, caveiras, monstros, gatos negros e até personagens como Drácula e Frankestein.
As crianças também participam desta festa. Com a ajuda dos pais, usam fantasias assustadoras e partem de porta em porta na vizinhança, onde soltam a frase “doçura ou travessura”. Felizes, terminam a noite do 31 de outubro, com sacos cheios de guloseimas, balas, chocolates e doces.

Halloween no Brasil

No Brasil a comemoração desta data é recente. Chegou ao nosso país através da grande influência da cultura americana, principalmente vinda pela televisão. Os cursos de língua inglesa também colaboram para a propagação da festa em território nacional, pois valorização e comemoram esta data com seus alunos: uma forma de vivenciar com os estudantes a cultura norte-americana.

Críticas

Muitos brasileiros defendem que a data nada tem a ver com nossa cultura e, portanto, deveria ser deixada de lado. Argumentam que o Brasil tem um rico folclore que deveria ser mais valorizado. Para tanto, foi criado pelo governo, em 2005, o Dia do Saci (comemorado também em 31 de outubro).

A comemoração da data também recebe fortes críticas dos setores religiosos, principalmente das religiões cristãs. O argumento é que a festa de origem pagã dissemina, principalmente entre crianças e jovens, ideias e imagens que não correspondem aos princípios e valores cristãos. De acordo ainda com estes religiosos, as imagens valorizadas no Halloween são negativas e contrárias à pratica do bem.

extraído do site www.brasilescola.com

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

II Seminário - Resignificando Exu

A Federação Ycaraí e o Grupo Umbandista Cristão Yonuaruê estarão promovendo no próximo dia 08 de Novembro (sábado) das 10:00hs às 16:00hs, o II Seminário Resignificando Exu.

Este encontro tem como principal objetivo desmistificar o deturpado estereótipo de agente do mal, que Exus, Pomba-Giras e Exus-Mirins possuem na comunidade religiosa e na sociedade atual.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no dia do seminário. Estará sendo disponibilizada uma apostila com material de apoio à discussão, cujo investimento será de R$ 10,00.

Todos estão convidados!

Maiores informações (011) 974405942 - Ana Lucia


Federação Ycaraí e Grupo Umbandista Cristão Yonuaruê

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

O lado esquerdo

 


Já se sabe ao certo qual foi a maior conspiração da História. Sem dúvida foi a conspiração contra a esquerda, combatida por todos os lados, nos dois hemisférios, como se houvesse um acordo sinistro entre todos os que preferiam a direita - a mão direita, bem entendido. Durante milhares de anos, quase sem exceção, o lado esquerdo ficou com o pior pedaço e isso é demonstrado, na prática, nas crenças preconceituosas e palavras pejorativas que lhe são associadas. Por outro lado, "à direita do Deus Pai", como está na Bíblia, ficam as boas ovelhas. Direito máximo, injustiça máxima: a supervalorização do destro somada a um fator real - a maioria das pessoas é mais hábil com a mão direita - estigmatizou os canhotos, aqueles que dominam melhor a mão esquerda, como pessoas no mínimo diferentes e esquisitas.....

(.....................................................................................................................................................)

Uma das teorias mais aceitas para justificar á preferência pelo lado direito das coisas diz que isso surgiu com os primitivos habitantes do hemisfério Norte, adoradores do Sol. Pois, no hemisfério Norte, o Sol parece mover-se no sentido horário, para a direita. Seguindo nessa mesma direção, os budistas fazem suas caminhadas para meditar; os peregrinos que vão a Meca rezar para Alá circundam da estluertici para a direita a Ka’aba, a construção onde está a pedra sagrada dos seguidores de Maomé. Os muçulmanos, aliás, chegam a ponto de afirmar que Deus tem duas mãos direitas.
A própria Bíblia exalta a mão direita, simbolicamente a mão que " sabe dar", já que a esquerda é a que recebe de Deus o sopro da vida. Michelângelo,( pintor italiano canhoto, retratou esse momento da Criação no teto da Capela Sistina). O Antigo Testamento diz que Eva foi criada a partir da costela esquerda de Adão; tanto pior, porque dai se estabelece nos textos bíblicos toda uma duradoura ligação do lado esquerdo com o pecado e a tentação.

(............................................................................................................................................................)

Na Idade Média, a Inquisição queimará os canhotos, como praticantes de bruxarias, mensageiros da morte e enviados do Diabo.

Também na Idade Média a mão esquerda passa a ser relacionada com a sujeira A explicação para isso até que tem alguma lógica: num período em que lavar-se era um hábito raro, a limpeza ficava por conta da mão esquerda, inclusive a higiene íntima. Com medo de sujar-se, as pessoas só se cumprimentavam com a mão direita , a mesma usada para comer ou pentear-se.

As escritas alfabéticas , de modo geral, indiscutivelmente favorecem os destros, porque correm da esquerda para a direita. Nessa direção, o canhoto cobre com a própria mão o que está escrevendo ou acaba torcendo o punho, segurando a caneta com a mão em forma de gancho. As exceções mais conhecidas são o hebraico e o árabe, escritos da direita para a esquerda. Já o grego é conhecido como caminho de boi, por formar um zigue-zague: vai da esquerda para a direita numa linha e da direita para a esquerda na linha seguinte.

Na hora de dar sua palavra, o grego foi o único que ficou a favor da esquerda: arístera , o termo grego que designa a mão esquerda, tem o sentido de" melhor" e a mesma origem da palavra aristocracia. O latim, a princípio, concordava com essa imagem positiva: sinister, que quer dizer " esquerdo", significava "afortunado"; a palavra vem de sinus , o bolso da toga dos romanos que ficava, é claro, daquele lado.

(.............................................................................................................................................................)

Mas essa era a época em que as estátuas dos deuses romanos tinham a face voltada para o sul e o olhar dirigido à esquerda, ao leste, de onde vinham, com o sol, os sinais de bons augúrios. Não se sabe por que,mas as imagens das divindades, aproximadamente no século II, foram voltadas para o norte. Daí o leste ficou à direita. De "afortunado sinister" passou a ser "azarado" e os romanos começaram a costurar seus bolsos no lado direito.

Em português, língua nascida do latim, sinistro é "esquerdo" ou "suspeito" ou ainda "ameaçador".
Canhoto assim como canhestro é uma palavra com ligações etimológicas suspeitas com "cao", que por sua vez é sinônimo de "diabo". Mas a palavra esquerdo propriamente dita é de origem desconhecida. Outras línguas latinas seguem em oposição à esquerda. Em francês gauche vale para "esquerdo" e também para "desajeitado" ou "maldito" . Em espanhol, o canhoto é chamado de siniestro, termo que significa ainda "mau agouro", "Desengonçado" e "canhoto" têm um mesmíssimo nome em italiano : maldestro.

Mas as linguas não-latinas também tratam os canhotos de forma sinistra. No alemão linkisch é tanto "canhoto" quanto "maldito"; recht é "direito", "destreza e "lei" - e dessa palavra nasceu reich, "reino".Left -handed, em inglês, é o canhoto, mas também a pessoa, canhota ou destra, maliciosa e insincera. Já right-handed é tanto o destro quanto a pessoa íntegra. No árabe yamin é " mão direita" e "sorte".
O lado direito é sinônimo de coisas positivas até em países de esquerda .Na União Soviética, pravy é a palavra " lado direito" . Dela nasceu pravda, que significa " verdade".Levaya stonora é "lado esquerdo" e- -claro - "lado errado".

trechos de um artigo escrito por Lucia Helena de Oliveira e extraído da revista Superinteressante - Editora Abril)


 

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Comunicado importante



Queridos amigos e frequentadores do Grupo Umbandista Cristão Yonuaruê,

Informamos que as atividades do Templo estarão interrompidas entre os dias 16 de Outubro (quinta-feira) e o dia 21 de Outubro (terça-feira).

Estaremos retornando às atividades de atendimento ao público em 22 de Outubro (quarta-feira), com os atendimentos do Ambulatório de Cura Espiritual (A.C.E) e no dia 24 de Outubro com Pai José, na Gira dos Pretos-Velhos.

Grata pela compreensão!

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Saravá Seu Zé Pelintra!!

Meu padrinho...
Mensageiro de luz...
Guia, protetor, socorrista de todos aqueles, encarnados e desencarnados, que praticam a caridade e buscam apoio e salvação....
Continue a nos ensinar...
A dar amor e ter esperança....
A sermos mensageiros de boas palavras, sentimentos, pensamentos e ações...
Perdoa-nos nossas inconsequências
E continue a nos ensinar a caminhar ...do jeito que só você sabe ensinar...

Sua benção!!!!
 
(al)



Salve Seu Zé Pelintra!

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Olhar, sorrriso.... Tem que saber ser Mulher!!

 
 
 
Maria da Ronda....
Olhar de punhal
Sorriso de mulher....
Alma de menina
 
 
Hoje, às 19 horas, no Grupo Umbandista Cristão Yonuaruê, Gira dos Guardiões no comando de Dona Maria da Ronda.
 
Grupo Umbandista Cristão Yonuaruê - Rua Cel. Fawcett nº 1170/1178 - Vila Moraes - SP

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

"EU RECEBO TUDO DE BOM QUE A VIDA ME OFERECE E PROCURO OFERECER TAMBÉM AO MAIOR NÚMERO DE PESSOAS "

 


HOJE ÀS 15HS E ÀS 22HS
 
 

Mensageiros da paz!!

Todos os pais velhos que baixam nos terreiros foram escravos em vidas passadas? Nem sempre. Eles tomam a forma de negro velho para trabalhar nos terreiros de Umbanda. No entanto, nem todos tiveram encarnações como escravos. A vestimental espiritual de pai velho traz a lição de humildade e sabedoria. Baixam no terreiro através da mediunidade de incorporação dos seus médiuns.

Os pretos velhos são os queridos mensageiros da paz, senhores da experiência e da humildade. Representam Yorimá, Orixá primaz do Elemento Terra.
Seus benzimentos com a fumaça do cachimbo limpam a aura dos filhos de fé. Os pais velhos evoluídos não precisam do fumo e nem do cachimbo no Plano Espiritual. Veiculam com a fumaça fortes vibrações que limpam a Aura e desagregam as vibrações negativas que podem trazer doenças e sérias perturbações aos filhos de fé. O pai velho sabe como manipular a fumaça de um cachimbo. Suas mirongas são poderosas. Através do singelo oferecimento do café ou do vinho, os pretos velhos magnetizam a bebida com elementos para a cura e alívio das pessoas. Espíritos evoluídos não tem necessidades materiais. Não precisam tomar café, vinho ou pinga. Se alguns pais velhos utilizam o café ou vinho é por que tem alguma finalidade superior. Assim agem os pretos velhos evoluídos e sábios.


O médium de Umbanda tem que se aprimorar cada vez mais para ser um instrumento fiel dos sábios pretos velhos.

Ouvir a voz paciente do médium incorporado com seu preto velho, receber seu benzimento traz alívio e reconforto. Os pais velhos benzem crianças com ramos de arruda e alecrim. A essência da Vibração de Yorimá é o Eucalipto e a Erva Cidreira.

Como homenagear os queridos pretos velhos? Acenda uma vela branca e f
aça uma prece sincera. Mantenha sempre uma vibração de paz e concórdia dentro do seu lar. Ame e compreenda seus irmãos e se liberte dos véus da ignorância e do egoísmo.

Saiba conversar com o preto velho. Não o escravize mais através de pedidos insistentes e egoístas. Compreenda que o plantio é opcional, mas a colheita é obrigatória. Faça sua parte para que o guia espiritual possa ajudá-lo.

Aprenda as lições de humildade do preto velho! Ser humilde é reconhecer seu verdadeiro valor diante do Pai Eterno. É ser digno, valoroso e forte! Salve os pretos velhos!




por Sandra Cecília F.de Oliveira  

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Odoyá!!

 
 
m.g
 
Iemanjá,
Mãe do Mundo,
Força que mantêm a criação,
Senhora de todos os bens,
Alento da própria vida…
Mãe magnânima de todas as mães,
O mar é o seu símbolo, o sal a sua marca.
Proteção é o seu aleitamento eterno,
Iemanjá – Mãe Querida,
rendo-te minha homenagem, rainha das águas.
Que distribui caridade e amor, entre todos os seus filhos.

domingo, 10 de agosto de 2014

Marinheiros!!!

 
OS MARINHEIROS NOS TRAZEM A FARTURA DE PEIXES... A MULTIPLICAÇÃO DOS PEIXES, DOS PESCADORES, DOS DÍSCIPULOS DE JESUS..
 
É UMA CORRENTE DE MUITA FORÇA PARA PUXAR NOSSO BARCO, PARA IÇAR A VELA, PARA ENFRENTAR AS TEMPESTADES DOS MARES BRAVIOS, PARA IR VENCENDO ONDA APÓS ONDA... VENCENDO SEU DESTINO
 
NOS TRAZEM FORÇA PARA PASSAR PELAS TEMPESTADES, COM A BÚSSOLA E O LEME SEGUROS, QUE É JESUS.. QUE É A NOSSA ESPIRTUALIDADE. AS PEROLAS.. SÃO OS GRÃOS DA BELEZA, RIQUEZA DO FUNDO DO MAR E QUE SÃO MOLDADAS NO INTERIOR DE UMA CONCHA, ATRAVÉS DO FERIMENTO DA AREIA DENTRO DA CONCHA.
 
O QUE NOS ENSINA ESSE REINO DO MAR?? A FORÇA DAS PÉROLAS.. NESTE MÊS DE AGOSTO...TANTO DE YEMANJÁ QUANTO DE OMULU, NOS ENSINA A TRANFORMAR NOSSAS CHAGAS INTERIORES EM ALGO PRECIOSO , DE MUITO VALOR
 
TEMOS QUE PEGAR A LIÇÃO DA PÉROLA ..ESSA PEDRA LINDA, PRECIOSA... QUE TODO MUNDO QUER.. ESSA AREINHA QUE VAI ENTRANDO EM NOSSO CORAÇÃO, NO NOSSO INTERIOR.. QUE VAI NOS FERINDO... VAI NOS MACHUCANDO, VAI NOS IRRITANDO, NÓS PODEMOS IR TRANSFORMANDO-A ATÉ CONSEGUIRMOS FAZER DESSA DOR UMA PÉROLA.
 
A NATUREZA É A MAE DO CONHECIMENTO, SE OBSERVARMOS E TRAZERMOS AS LIÇÕES PARA NÓS, PARA NOSSA VIDA, RESIGNIFICANDO, NÓS ENCONTRAREMOS SAÍDA PARA TODOS OS MALES...
 
 
 
Mãe Marcia Pinho de Yemanjá (08/08/12)

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Salve Sr. Tranca Rua!!!

SEU TRANCA RUA
SALVE SUA LUZ...SALVE SEU PODER... SALVE SUA FORÇA...
SALVE SEU TRABALHO.. SALVE SUA SABEDORIA...
SALVE SUA DETERMINAÇÃO...
E SALVE A PERMISSÃO CONCEDIDA POR DEUS...TODO PODEROSO
PARA QUE VÓS E SUA IMENSA FALANGE..
TRANQUE TODO O MAL
TODO MAL PENSAMENTO
TRANQUE TODO MEU SENTIMENTO NEGATIVO E MÁ PALAVRA...
TRANQUE AS ONDAS NEGATIVAS...PARA QUE NÃO ME ALCANCEM
E NEM AOS MEUS...
EU PEÇO, SR TRANCA RUA.
QUE TRANQUE, DENTRO E FORA DE MIM...
A NEGATIVIDADE, AS TREVAS, A IMPACIÊNCIA, AS BRIGAS, OS ACIDENTES, OS VÍCIOS, AS PERDAS, O ÓDIO, A MÁGOA, A FALSIDADE, A TRAIÇÃO, A CALÚNIA, O RANCOR, A MISÉRIA, A MALDADE, A IGNORÂNCIA E O EGOÍSMO...
TRANQUE.. E LEVE PARA AS PROFUNDEZAS DA TERRA...
QUEIME, TRANSFORME E TRANSMUTE...
E QUERIDO E AMAO EXU TRANCA RUA...
DESTRANQUE POR MISERICÓRDIA...DE DEUS
TODAS AS PORTAS DO MEU CAMINHO...E DOS MEUS...
ME DANDO GUARDA E PROTEÇÃO...
DESTRANQUE E ME ATRAIA PROSPERIDADE...
ESPIRITUAL, MENTAL E MATERIAL...
DESTRANQUE MINHA LIBERDADE...
QUE EU VIVA EM PAZ...
PROTEÇÃO, SAÚDE, AMOR, DINHEIRO, FELICIDADE E BOAS AMIZADES...
SENHOR TRANCA RUA...
TENDO O PODER DADO E MANTIDO POR DEUS...DE ABRIR E FECHAR OS CAMINHOS...
VIGIAR E GUARDAR AS PESSOAS...MERECEDORAS...
E RECEBER AS OFERENDAS...DEIXADAS NA RUA...
PROTEGE AS ENTRADAS DE TEMPLOS...COMÉRCIOS, CASAS, ESCOLAS, EMPRESAS...
SR.TRANCA RUA...
NOS GUARDE, NOS VIGIE, NOS PROTEJA, E ABRA OS NOSSOS CAMINHOS...
ESTENDA SEU ESCUDO DE PROTEÇÃO, NOS ENVOLVA COM SUA CAPA PODEROSA...
COM SUA CARTOLA NA NOSSA CABEÇA...
NOS DÊ BOAS IDÉIAS...NOS DÊ CRIATIVIDADE...NOS DÊ PODER DE SUPERAR...
NOS DÊ O PODER DE A CADA DIA, SOB TODOS OS PONTOS DE VISTA...
ESTARMOS CADA VEZ MELHOR...
E EM DIREÇÃO AO PROGRESSO ESPERADO POR DEUS...
QUE ASSIM SEJA, QUE ASSIM SE FAÇA, ASSIM É E ASSIM SERÁ...

segunda-feira, 28 de julho de 2014

IV TACE... auxiliando na busca da cura em todos os setores da vida!



Algumas virtudes e conceitos precisam ser buscados e vivenciados para preparar o doente, a fim de aproveitar melhor o trabalho de cura espiritual que lhe é amorosamente ofertado. Entre outras qualidades, podemos citar a humildade, a compreensão, o perdão, a caridade, o amor, a fé e a gratidão.

A humildade é uma condição em que se aceita a própria situação sem culpa, sem julgamento e sem criticar ninguém ou a si próprio, melhorando a maneira de se comunicar com todas as pessoas. De forma prática, poderíamos dizer que algumas pessoas de condição social, intelectual e financeira acima da média de repente se vêem sentadas ao lado de pessoas simples e pobres, sentindo-se deslocadas. Deus sabe o que faz! Essas diferenças, quando reunidas, têm uma razão especial: o sofrimento não faz distinção, a lição a ser aprendida é a da humildade e da convivência solidária. E isto torna a pessoa receptiva à cura.
 
A compreensão vem antes do perdão pois primeiro é necessário entender a si próprio, conhecer as motivações pessoais, para então ser capaz de compreender o outro, as limitações e os erros de ambos, abrindo o caminho para a melhora. Ser compreensivo torna o paciente receptivo à cura.
 
O perdão, como já falamos, vem depois da compreensão, pois se compreendemos nossos erros, os do próximo e todas as questões envolvidas, então somos capazes de perdoar a nós mesmos e ao nosso irmão. Jesus falou exaustivamente da necessidade do perdão incondicional.
 
O perdão verdadeiro não é de natureza intelectual, tem que estar impregnado dentro de nossos sentimentos. A compreensão mental auxilia, mas não é tudo. Exercer o perdão abre campo para a pessoa ficar receptiva à cura.
 

quarta-feira, 23 de julho de 2014

 
 
 
HOJE ÀS 15 HORAS E ÀS 22 HORAS


quinta-feira, 17 de julho de 2014

Vamos pensar em uma cura que acontece e vai "além"!!

 
Umbanda é uma religião tão Simples e ao mesmo tempo tão Realizadora que chega a ser um privilégio fazer parte dessa realidade espiritual. Aliás, dentro de sua inerente simplicidade encontramos a complexidade da reforma íntima, da evolução espiritual e da ação da espiritualidade em nossas vidas. Encontramos a importância do Saber, do raciocínio lógico e do amor devocional e incondicional.

A Umbanda instrui, cura, alimenta, responde, purifica, alivia, facilita, concede, ameniza, soluciona, proporciona, inspira, retira, tira, dá, encanta, realiza, encaminha, paralisa, auxilia… Enfim, a Umbanda é UMBANDA, complexa e simples, poderosa e divina, realizadora e transformadora, e que precisamos conhecê-la em sua essência e grandeza.
Uma das coisas que mais me chama atenção e me impressiona na Umbanda é sua capacidade de Curar. Sabemos que, tanto na Umbanda como no kardecismo, existem Trabalhos Espirituais de Cura, que na maioria das vezes, acontecem com a imposição de mãos projetando uma energia cósmica concentrada extremamente potente ou pela ação de espíritos especialistas em cura que realizam cirurgias espirituais com ou sem cortes. Sabemos também, que normalmente esses trabalhos acontecem em Giras ou Reuniões pré-determinadas com toda uma estrutura energética – espiritual pré-estabelecida e com uma corrente mediúnica específica.
No entanto, quebrar essa concepção de cura já conhecida por nós e até já estabelecida a nós e pensar em cura com várias possibilidades, como restabelecimento, tratamento, solução, regeneração, como um processo e como uma sequência de ações diárias e consequentemente uma cura de ‘dentro para fora’, de ‘baixo para cima’, de forma ‘simples’ mas ao mesmo tempo ‘complexa’ e que necessita do conhecimento, da ação direta e do total domínio do médium, é coisa que só a Umbanda com médiuns altamente capacitados consegue Realizar.
É pensar numa Cura que acontece e vai “Além”.
É ser um médium, independente de qualquer cargo, posição, função ou dom, capaz de Curar pela sua “simples” capacidade de Dar atrelado à complexidade do Saber.
Aos médiuns interessados em adquirir essa bela capacidade de “Curar Além” saibam que não é tão difícil assim, vocês terão que estar, em primeiro lugar, predisposto a fazer o Bem sem olhar a quem.
 
Depois deverão extinguir qualquer preconceito moral e espiritual, eliminar qualquer tipo de julgamento e estarem em boas condições emocionais, energéticas, físicas e espirituais.
Deverão compreender e ter o mínimo de capacidade mediúnica, saber acoplar e desacoplar sem criar cordões, saber como acontece uma incorporação, como acontece a absorção do ectoplasma (Prana) e permitir a importante e fundamental “Passagem”.
Deverão entender a realidade espiritual umbandista e alguns de seus elementos energéticos naturais como símbolos, toalha branca, vela, fogo, água, pemba, entre outros. Deverão conhecer os Orixás como Força Realizadora e algumas de suas firmezas para sustentá-los neste trabalho tão grandioso e ainda reconhecer como age e atua o Baixo Astral em nossas vidas.
Percebam que trabalho magnífico, sério, complexo, mas que não deixa de ser extremamente simples.
É um trabalho de cura que chega a emocionar pela extensão de sua ação e pelas dezenas de encaminhamentos que são realizados em questões de minutos.
Quem já participou desse tipo de trabalho ou os terreiros que realizam esse tipo de cura sabem a benção e o privilégio que possuem. Sabem que faz o corpo arrepiar, que faz as lágrimas escorrerem e que faz o espírito e toda a espiritualidade superior agradecer.
Sei também que parece trabalhoso, mas não é!
 
“Apenas” necessita de muito estudo, de disciplina, de bom senso, de amor, de discernimento, de FÉ, CRENÇA e REZA! Ou seja, necessita “simplesmente” daquilo que a Umbanda já necessita, não é mesmo?
 
Portanto, não é surpresa! Não é novidade!
 
Portanto, é Divino e vale a pena!
 
Vamos estudar, pessoal, vamos buscar mais conhecimentos, vamos ir Além, vamos fazer uma Umbanda Realizadora e vamos fazer o Bem sem olhar a quem.
Tenho certeza que atitudes como essas proporcionam grandes mudanças em nossas vidas aqui, agora, DEPOIS e ALÉM.

Alguns elementos que facilitam um trabalho de cura

Esses elementos são muito usados dentro do ritual da Umbanda e são, em muitos casos, fundamentais para o trabalho religioso que a Umbanda pratica portanto, usá-los nesse trabalho de cura ajudará muito toda a ação. Esses elementos são:
Pemba: elemento de grande poder simbólico e sagrado em nossa Umbanda que registra e caracteriza que o trabalho de cura que será realizado acontecerá pela Força sustentadora da Umbanda.
Fogo – Vela branca: elemento que purifica; regenera; revigora; aquece e ilumina o espírito. Nesse trabalho de  cura a vela branca é muito valiosa e auxilia muito na recuperação do corpo doente.
Água: purifica; limpa; decanta e alimenta aliviando toda angústia do espírito desencarnado e acalmando as dores emocionais.

Toalha branca: proporciona uma sensação de acolhimento e segurança. Atrai e facilita a passagem de muitos espíritos. Além disso, ajuda também o médium doador em sua recuperação energética e em sua concentração mental.
Reza: conduz o ato, determina a ação e controla o mental e o emocional. Sem a reza, ato determinador, a cura será impossível, mesmo porque os espíritos desencarnados estão esperando uma voz de comando para saberem o que fazer e para onde ir.

 
 
 
 
Texto:  Mãe Mônica Caraccio


    quarta-feira, 9 de julho de 2014

    Hoje tem "Conhecimento Superior" na Rádio Toques de Aruanda

    Você deve começar orando...

    A oração é luz na sombra aonde a sua enfermidade está instalada.

    Plante sementes de alegria...

    Uma das mais importantes é a esperança... ela alegra nosso coração

    Não seja impaciente e ansioso.

    Qualquer irritação é um desastre em nosso campo energético,

    cujos efeitos.. não podemos prever..

    Guarde tua confiança.

    Quando estamos em dúvida, não vivemos plenamente....

    Não critique... a si ou aos outros.

    A censura choca os agentes da afinidade.

    Conserve brandura.

    Quando somos agressivos, cada palavra amarra o trabalho na estaca zero.

    Não se escandalize.

    O corpo de quem sofre é objeto sagrado.

    Ajude espontaneamente para o bem.

    Simpatia é cooperação.

    Não cultive os desafetos.

    Aversão é calamidade vibratória.

    Interprete o doente qual se fosse você mesmo.

    Toda cura espiritual lança raízes sobre a força do amor.



    Autoria Desconhecida 


     
    HOJE ÀS 15 HORAS E ÀS 22 HORAS
     
     
    

    segunda-feira, 7 de julho de 2014

    II Seminário Resignificando Exu - Novembro 2014

    As antigas tradições Umbandistas possuíam práticas que deturparam a importância da linha da esquerda e deixaram no inconsciente coletivo dos médiuns, uma série de tabús nas giras e costumes, quando tratamos das entidades que representam esta linha.

    Exu sempre esteve associado ao Diabo, Lucifer, etc... Criou-se a ideia de que se existe uma linha que representa o bem e que tem que existir uma linha que esteja ligada ao mal.
     
    Temos o entendimento que errado é quem vai pedir o mal para Exu e nós, enquanto médiuns conscientes, acabamos sendo condizentes quando aceitamos potencializar este pedido. 
     
    Dentro ainda desta temática,  é sensível a falta de bom senso existente na entrega das oferendas à entidades da linha da esquerda, que atualmente é feita em qualquer local, qualquer encruzilhada, qualquer praça...
     
    Cientes da recomendação que os antigos nos deixaram, quanto à encruzilhadas, portões de cemitério, etc..., passados através da oralidade no repasse de conhecimentos, é imprescindível buscarmos alternativas para adequar esta ritualística à nossa realidade urbana.
     
    Resignificarmos a maneira de expressarmos as tradições e rituais umbandistas nos blogs, sites e comentários em redes sociais, é peça fundamental para que a sociedade compreenda a importância de louvarmos a entidades da linha da esquerda. É importante a conscientização de todos quanto à evitar a exposição de conhecimentos e rituais da religião, em qualquer tipo de mídia ou veículo de comunicação, sem o devido embasamento.
     
    A Federação Ycaraí e o Grupo Umbandista Cristão Yonuaruê vêm se reunindo desde o mês de Março, preparando o II Seminário: Resignificando Exu. É nossa oportunidade de expormos nosso ponto de vista sobre as questões ligadas à Exu, Pomba Gira, Exu Mirim e Pomba Gira Mirim, desmistificando a imagem negativa que eles ainda carregam. 
     
    No próximo sábado dia 12 de Julho, à partir das 10:00hs, teremos mais um encontro na sede da Federação Ycaraí/Grupo Umbandista Cristão Yonuaruê, aonde voltaremos a discutir este polêmico mas importante assunto. Este encontro é aberto à todos os interessados.
     
    Contamos com sua presença e participação!!
     
     
     
     
    Laroyê Exu!!

    sexta-feira, 4 de julho de 2014

    Conheça alguns tipos de tratamento espiritual....



    Cirurgia Espiritual
    É realizada pelo mentor de cura incorporado ao médium. E envolve a manipulação do corpo físico através das mãos do médium, podendo ou não haver a utilização de meios cirúrgicos elementares (cortes, punções, raspagens, etc…). O maior representante deste método de trabalho no Brasil é o espírito do Dr. Fritz, mas este método é utilizado em diversas culturas e religiões.
    Cirurgia Perispiritual
    É realizada diretamente no perispírito do paciente, com ou sem a colaboração de um médium presente, costuma ser realizada por uma equipe espiritual designada especificamente para cada caso e ser feita em dia e horário pré determidados.
    Visita Espiritual
    É realizada por uma equipe espiritual, que visita o paciente no local onde ele estiver repousando, também com um dia e hora predeterminados. Na visita, darão passes, farão orações, etc…
    Cromoterapia
    É indicada pelos mentores de cura e aplicada por médiúns que conheçam o método de aplicação. Atua no corpo físico e no duplo etérico. Muito utilizado para males de origem emocional.
    Fluidoterapia
    É indicada pelos mentores de cura e aplicada por médiúns que conheçam o método de aplicação. Atua no corpo físico e no perispírito.
    Reiki
    É indicada pelos mentores de cura e aplicada por médiúns que conheçam o método de aplicação. Atua no corpo físico e no duplo etérico. Muito utilizada para males de origem emocional ou psíquica e para realinhamento de chacras.
    Homeopatia
    Indicada e receitada pelos mentores espirituais. As fórmulas são feitas normalmente por laboratório de manipulação homeopáticos. E devem ser tomados de acordo com o determinado.
    Outros
    Fora estes tratamentos, também podem ser utilizados, florais de Bach, cristaloterapia, chás, aromaterapia, acumpuntura, do-in, etc… 
    Em alguns casos os guias também indicam dietas, alimentos a serem evitados ou ingeridos para melhoria da saúde geral.
    OBS: Para o momento da visita espiritual e cirurgia espiritual: O paciente deverá vestir-se e deitar-se com roupas claras (de preferência branca); ficar num ambiente calmo, com pouca luz e colocar ao lado um copo d’água para ser bebida após o tratamento.
    Após a visita e a cirurgia, o paciente deverá manter-se em abstenção por mais 6 horas, para que a energia doada seja melhor absorvida.
    Fonte: Apostila do Curso de Umbanda da Sociedade Espiritualista Mata Virgem 

    quarta-feira, 2 de julho de 2014

    JESUS TIRA , CURA, LIBERTA E RESTAURA MEU CORAÇÃO, MINHA MENTE, MEUS OLHOS, MEUS OUVIDOS, MINHA BÔCA, MEUS ATOS E MEUS SENTIDOS FÍSICOS, MENTAIS E ESPIRITUAIS, ESTE É O SENTIDO DA VIDA, EVOLUIR CONSTANTEMENTE...Mãe Marcia Pinho de Yemanjá

     
     
     
     
    ÁS 15 HORAS E ÀS 22 HORAS
    

    Cura Espiritual.... um processo que envolve corpo e espírito



    Cada ser encarnado, antes de ser um corpo físico, é uma entidade espiritual, muitas vezes tão antiga que deixa de ser milenar, para ter milhões de anos.

    E seu perispírito é como um corpo que congrega as lembranças do passado. Cada atitude, cada pensamento, cada sentimento é manifestado no perispírito, que fica “marcado”, “impregnado” com essa energia gerada pelo ser.

    Assim, nossa saúde é fruto de nós mesmos. Se alimentamos sentimentos negativos, eles vão ser incorporados no perispírito e, vão, com o tempo, se manifestar no corpo físico.

    Aquele que é rancoroso, que alimenta sentimentos de ódio, de raiva, irá com certeza atingir o próprio fígado. Aquele que se apressa em julgar os outros, que está sempre criticando a conduta alheia, grava em seu perispírito o julgamento mordaz que agride seu estômago, seus rins, além de outros órgãos, como a boca.

    As doenças, antes de se manifestarem no corpo físico, estão presentes no perispírito e podem ser observadas na aura energética de cada ser.

    O corpo humano traz o seu passado delituoso gravado nas doenças genéticas, de nascença. Mas traz, também, as doenças que ele adquire com suas atitudes do presente, com as suas ações e intenções do agora.

    Portanto, não há cura milagrosa.

    Qualquer processo de cura há que começar internamente, com uma mudança na “alma”, no âmago do ser. Pois são as vibrações energéticas de cada um, ou, em outras palavras, a sua fé, a sua confiança no bem, que podem promover a cura.
    A saúde do corpo e a do espírito estão intimamente ligadas – na verdade, são uma só.

    No universo vibracional em que estamos inseridos, somos centelhas de luz criadas pelo amor de Deus, de nosso Pai Maior.

    Vamos nos dedicar ao bem, vamos viver o Evangelho de nosso Irmão e Mestre Jesus, vamos ser fraternos, mansos e pacíficos, e, com certeza, seremos saudáveis, estaremos vibrando na saúde e na cura.
    A cura espiritual só é possível para quem tem fé, para aquele que confia, acredita no bem, na paz, no equilíbrio.

    Vamos começar a vibrar na paz, na luz, e essa luz se fará em nossas vidas, em nossos corpos físicos e espirituais!
    Que o amor nos preencha os corações, que a fraternidade esteja presente em nossas vidas, que Jesus nos guie!
    Paz e bem!

    Um irmão em Cristo.

    _____________________________
    Mensagem recebida por Maria Aparecida M. P. Remédio, durante aula prática do COEM,
    realizada na sede da União Espírita de Piracicaba, em 09/11/2010.

    quarta-feira, 25 de junho de 2014

    domingo, 22 de junho de 2014

    COMO MANTER UM BOM RELACIONAMENTO EM TODAS AS ÁREAS DA VIDA

     
     
    1) DOMINE SUA FALA.. SEMPRE FALE MENOS DO QUE PENSA;
     
    2) PENSE ANTES DE FAZER UMA PROMESSA E DEPOIS NÃO A QUEBRE.. NÃO IMPORTA O QUE LHE CUSTE CUMPRI-LA;
     
    3) NUNCA DEIXE PASSAR UMA OPORTUNIDADE PARA DIZER UMA COISA MEIGA E ANIMADORA À UMA PESSOA OU À RESPEITO DELA;
     
    4) TENHA INTERESSE NOS OUTROS, EM SUAS OCUPAÇÕES E EM SEU BEM ESTAR... SEUS LARES E FAMÍLIA... SEJA SEMPRE ALEGRE COM OS QUE RIEM E LAMENTE COM OS QUE CHORAM.. AJA DE TAL MANEIRA QUE AS PESSOAS COM QUEM SE ENCONTRAR SINTAM QUE VOCÊ LHE DISPENSA ATENÇÃO E LHES DÁ IMPORTÂNCIA;
     
    5) SEJA ALEGRE, CONSERVE-SE SORRINDO, RIA DAS HISTÓRIAS BOAS E APRENDA A CONTÁ-LAS;
     
    6) CONSERVE A MENTE ABERTA PARA TODAS AS QUESTÕES DE DISCUSSÃO, INVESTIGUE... MAS NÃO ARGUMENTE.. É PRÓPRIO DAS GRANDES MENTALIDADES DISCORDAR E AINDA ASSIM, CONSERVAR A AMIZADE DE SEU OPONENTE;
     
    7) DEIXE QUE SUAS VIRTUDES FALEM POR SI MESMAS E RECUSE-SE A FALAR DAS FALTAS E FRAQUEZAS DOS OUTROS.. CONDENE MURMÚRIOS... FAÇA UMA REGRA DE FALAR SÓ COISAS BOAS DOS OUTROS;
     
    8) TENHA CUIDADO COM OS SENTIMENTOS DOS OUTROS, GRACEJOS E CRÍTICAS NÃO VALEM A PENA E FREQUENTEMENTE MAGOAM, QUANDO MENOS SE ESPERA;
     
    9) NÃO FAÇA QUESTÃO DAS OBSERVAÇÕES MÁS À SEU RESPEITO.. VIVA DE MODO QUE NINGUÉM AS CREDITE;
     
    10) NÃO SEJA EXCESSIVAMENTE ZELOSO DOS SEUS DIREITOS.. TRABALHE.. TENHA PACIÊNCIA, CONSERVE-SE CALMO.. ESQUEÇA DE SI MESMO E TENHA A CERTEZA QUE VOCÊ RECEBERÁ A RECOMPENSA.
     
     
    Fonte desconhecida
     

    quarta-feira, 18 de junho de 2014

    "O que aconteceu no passado, não pode te impedir de acreditar que ainda existem boas pessoas no mundo..." - Mãe Marcia Pinho de Yemanjá

     
     
     
     
    HOJE ÀS 15HS E ÀS 22HS

    Seja uma página em branco a espera das palavras do Universo....


    Seja, na realidade o que você já é.
    Uma folha em branco...
    Uma folha em branco, é assim que viemos e fomos concebidos e nascemos.
    Uma folha em branco... onde deixamos que o mundo viesse e imprimisse as suas palavras...
    Palavras de dor, ódio, magoa, tristeza, alegria, palavras de paz, conforto.
    Palavras de amor, carinho, cuidado, atenção.
    Todas as palavras impressas que imacularam a nossa página translúcida e imaculada, nos transformando em seres que vivem, sentem e se nutrem da dor e do sofrimento próprio e da dor e sofrimento alheio.
    “Palavras impressas apenas isso! E isto nos transformou!”
    Neste junho e meio do ano, por um instante que seja... Desprenda-se das palavras que foram impressas e volte a brilhar na essência da página branca, translúcida e imaculada.
    Volte por um instante que seja, ao espaço do silêncio, onde palavras impressas não existem.
    Volte por um instante, ao vazio silencioso e acolhedor do seu ser.
    Volte a ser quem verdadeiramente você é.
    Uma página em branco imaculada... translúcida, onde palavras não podem ser impressas.
    Pergunte-se: Quem sou eu? E experimente o silêncio, o vazio.
    Pergunte-se: Quem sou eu? E experimente o vazio pleno de paz e amor.
    Pergunte-se e perceba que não há resposta a ser dada, apenas a presença do “Eu sou”, na forma de vazio vivo.
    Diga, a você mesmo “Eu sou o amor” e expanda neste espaço.

    É tudo que desejamos a cada um de vocês, que sejam aquilo que sempre foram... O amor.

    sexta-feira, 13 de junho de 2014

    Comunicado Importante para Todos os Amigos, Simpatizantes e Frequentadores do Grupo Umbandista Cristão Yonuaruê

    Informamos que o Grupo Umbandista Cristão Yonuaruê fará uma pausa nas atividades de atendimento ao público no período compreendido entre os dias 16 de Junho e 13 de Julho, para manutenção de suas instalações.
     
    Retornaremos às nossas atividades normais em 14 de Julho (segunda-feira), com mais uma edição do TACE (Tratamento Agendado de Cura Espiritual). Aguardem!!
     
    Contamos com a compreensão e colaboração de todos os nossos amigos!!